Sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2012 - Jornal de Negócios

"Nenhuma empresa deve obter um benefício fiscal por subcontratar trabalhadores. Em vez disso, os benefícios fiscais devem ser concedidos às empresas manufactureiras que estabeleçam as suas operações aqui em casa, disse Obama no seu discurso radiofónico semanal.


O presidente americano falou a partir da fábrica da Boeing, em Everett, no estado de Washington (costa oeste), e deu o exemplo da empresa aeronáutica norte-americana ao gerar emprego local com "a construção do avião do futuro, que é o Dreamliner".

"Companhias como a Boeing estão a dar-se conta de que, incluindo quando não podemos fabricar as coisas a um custo mais baixo do que a China, podemos fazer as coisas melhor. É assim que vamos competir a nível global", sublinhou.

Obama já reiterou em várias ocasiões o objectivo de fortalecer o sector exportador e conseguir assim duplicar as exportações dos Estados Unidos nos próximos cinco anos, como um dos motores do seu plano econômico.

Pesquisar Notícia

Enquete

O que você acha da doação pela internet nas campanhas políticas?